sexta-feira, 4 de junho de 2010

Pobreza



Sexta-feira, início de mês, cheguei no trabalho toda alegrinha, afinal amanhã é dia 5 então a empresa já deve ter depositado o faz-me-rir ? NÃO. Entrei na conta e ela tá mais vermelha que ontem. Os félas estão numa de quinto dia útil agora e isso tem tornado meus finais de semana menos felizes, quem disse que dinheiro não traz felicidade era rico, pode ter certeza. Porque se tivesse na pinimba que nem eu iria saber do que eu falando agora. Não que essa felicidade fosse durar mais que uma hora, mas eu gosto de pequenos momentos de felicidade, porque andei fazendo cálculos e meu salário simplesmente vai ser inteiro pra pagar as contas do mês, não vai sobrar nem pra cervejinha de depois da aula, eu falando de R$ 0,30, TRINTA CENTAVOS, é isso que vai me sobrar, ou seja, TOFÚ! E nem é o queijo...
Pensei em dar uma incrementada no meu guarda-roupa, porque tava numa vibe boazinha e dei todas as minhas roupas de frio, quer dizer, pelada e vou virar picolé nesse inverno do Rio de Janeiro(coisa que nem existia mais). Achei que ia dar pra ir no meu restaurante preferido, mas o troco do meu salário não dá nem pra comer um podrão na lapa. Pensei que ia sair do meu estado de velhice permanente nesse mês de férias da faculdade mas já vi que vou ter um mês inteiro pra ver televisão em casa.
E ainda faltam quatro anos pra eu me formar, quatro anos de faculdade pra pagar, quatro anos de pobreza, porque arrumar um emprego que pague mais tá mais difícil que achar água no deserto. E eu definitivamente não nasci pra ser pobre, não aguento ficar em casa todos os finais de semana alternando entre estudar, nerdear na internet e ver os jogos do mengão na TV, porque ir ao maracanã virou luxo também. Não aguento negar os convites dos amigos pra festas, bares, churrascos, e nem nasci pra aceitar aquele, quando puder me paga, porque estive fazendo previsões orçamentarias e acho que não "vou ter" tão cedo.
Não aguento o povo falando que chata, velha, não gosto mais dos amigos. Não aguento mais explicar que a fase não tá boa, que não tá chovendo na minha horta, que o pasto não tá pra boi. EU NÃO TENHO DINHEIRO PORRAAAAAAAAAA!!! Dá pra entender ou vou ter que desenhar?
pensando em vender latinhas ou levar cachorro dos outros pra passear e ver se garanto pelo menos uma ida ao maraca por mês, porque essa vida de monastério tá me deixando mais louca que o normal.
Alguém aí precisa de uma babá no final de semana?

3 comentários:

Mosana disse...

não se sinta só.
falta de $ acho que vem sendo universal.
ao menos seu universo é o mermo que o meu! hauhauahau
kisses

lckbarbie disse...

Relaxa tô assim tb!!

@daniantunes disse...

Ih... Epidemia, é?
Olha só meu blog. hahaha

Tive que rir!

=P

‚‚‹ Blogger template 'Personal Blog' by Ourblogtemplates.com 2008